Treinamentos

As informações contidas nesta página são dirigidas apenas para profissionais de saúde.
Nesta página você encontra:
• Legislações da área de nutrição parenteral
• Treinamento sobre o Dispositivo Luer Ativado V-LINK com Revestimento Protetor VITALSHIELD
• Video de treinamento da Bomba Volumétrica de Infusão Colleague
Para acessar todos os treinamentos da Baxter, acesse a nossa área restrita.

Nutrição Clínica

Abaixo encontram-se as principais legislações da área de nutrição parenteral

PORTARIA Nº 272/MS, DE 08 DE ABRIL DE 1998(*) D.O.U. DE 15/04/99 - REGULAMENTO TÉCNICO PARA A TERAPIA DE NUTRIÇÃO PARENTERAL

Acesse aqui

RESOLUÇÃO-RDC Nº 45, DE 12 DE MARÇO DE 2003 DOU DE 13/03/2003 - Dispõe sobre o Regulamento Técnico de Boas Práticas de Utilização das Soluções Parenterais (SP) em Serviços de Saúde

Acesse aqui

Lei 4472/04 | Lei nº 4472, de 03 de dezembro de 2004 do Rio de Janeiro - DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS DAS EMPRESAS DE MANIPULAÇÃO DE NUTRIÇÃO ENTERAL E PARENTERAL NO ÂMBITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS

Acesse aqui

Topo

Sistema de Infusão

O primeiro conector IV antimicrobiano com um exclusivo revestimento que ajuda a prevenir a contaminação microbiana e o crescimento de patógenos no dispositivo.*

O dispositivo V-LINK da Baxter é um item essencial em complemento a uma ampla linha de produtos de acesso IV sem agulhas e baseia-se em um design conhecido:

  • Dispositivo de acesso IV sem agulha
  • Superfície plana fácil de limpar
  • Dispositivo translúcido
  • Proteção de dupla selagem
  • Promove técnica padronizada

O dispositivo V-LINK com revestimento protetor VITASHIELD mata pelo menos 99,99% dos seis patógenos mais comuns conhecidos por provocar infecções sanguíneas relacionadas com cateter (CR-BSIs):**

  • Combate contaminação por patógenos e crescimento microbiano na passagem do fluido
  • Consistente alta eficácia contra múltiplas cepas bacterianas1
  • Durabilidade e eficácia demonstrada durante 96 horas1

* O agente antimicrobiano não tem o objetivo de ser usado como tratamento contra infecções existentes. ** Os resultados destes testes in vitro não demonstraram estar correlacionados com uma redução de infecções.

Técnica e tecnologia são necessárias para combater patógenos

Todos os dias você faz tudo o que pode para combater a contaminação microbiana. Uma técnica asséptica apropriada no local da inserção IV pode reduzir a contaminação extraluminal (lado externo das paredes do cateter).

Os resultados de um estudo de Safdar e Maki concluíram que após a adoção de medidas preventivas específicas, 60% dos CR-BSIs tinham maior probabilidade de se originarem na passagem intraluminal. 1

Uma tecnologia para ajudar a proteger a passagem intraluminal (passagem do fluido) também é necessária para reduzir ainda mais o risco de CR-BSIs.

Contraindicação.

O dispositivo V-LINK é contraindicado para indivíduos com hipersensibilidade à prata ou componentes da prata.

Instruções de uso

Apenas com prescrição. Para o uso seguro e adequado deste dispositivo, por favor, consulte as instruções completas de uso.

Colleague

Assista aqui ao vídeo de treinamento da Colleague
Bomba Volumétrica de Infusão Colleague – Registro Anvisa: 10068390320

1. Safdar, N; Maki, DG. (2004) The pathogenesis of catheter-related bloodstream infection with noncuffed short-term central venous catheters. Intensive Care Med. 30:62-67