Competências técnicas básicas

A Baxter tem seis ‘competências técnicas básicas’ que a diferenciam no mercado e proporcionam vantagens competitivas. Cada uma representa uma área técnica especializada e a liderança que dá à empresa a capacidade única para desenvolver e fabricar produtos.

Biológicos

O trabalho inovador da Baxter no processamento e separação do plasma e seus componentes é a base para as várias terapias de derivados biológicos, incluindo o tratamento de hemofilia e imunodeficiência primaria. A Baxter também está envolvida na pesquisa de novos produtos e em terapias recombinantes, vacinas e medicina regenerativa, e possui uma capacidade única na produção de terapias e vacinas.

Administração de drogas

A Baxter lançou as primeiras drogas pré-misturadas em recipientes de soluções IV e foi a primeira empresa a estabelecer alianças com farmacêuticas para envasar suas drogas em recipientes IV e fornecê-las a hospitais em sua forma pré-misturada. Hoje, a especialização da Baxter em administração de drogas vai muito além das drogas pré-misturadas e sistemas de reconstituição e inclui a formulação e envase de drogas injetáveis em frascos e seringas além de avançadas tecnologias de formulação de drogas.

Desenvolvimento de equipamentos e programas

A Baxter também oferece capacidade exclusiva de projeto, desenvolvimento, integração de equipamentos, sistemas eletrônicos e os programas que os controlam. Muitas das terapias nas quais a empresa foi pioneira ao longo dos anos – incluindo a administração de soluções IV e de diálise – exigem o uso de um dispositivo para a administração controlada de fluidos. A Baxter também incorpora outros fatores ao projeto dos produtos (tais como a maneira pela qual o clínico ou o paciente interage ou usa o dispositivo) para garantir a facilidade de uso, além da administração segura e efetiva da terapia.

Plásticos médicos

A Baxter revolucionou a coleta de sangue décadas atrás quando lançou o primeiro recipiente de plástico flexível para coleta de sangue, pavimentando o caminho para o primeiro recipiente de plástico flexível para soluções intravenosas (IV), algo que se tornou e continua a ser padrão na indústria. Em seguida vieram os sistemas de recipientes MINI-BAG para drogas IV e os recipientes de plástico flexível usados na diálise peritoneal, a primeira terapia de diálise portátil. Hoje os plásticos médicos integram muitas linhas de produtos da Baxter. A primeira e única albumina envasada em um recipiente de plástico flexível é o resultado da combinação entre a experiência da Baxter em plásticos médicos com sua experiência em biológicos para criar um produto verdadeiramente exclusivo no mercado.

Soluções

Como fabricante das primeiras soluções IV comerciais do mundo, a experiência da Baxter na formulação, produção e purificação de soluções remonta a mais de 78 anos. Desde então, a Baxter tem empregado sua experiência em soluções para desenvolver uma variedade de terapias, incluindo a nutrição parenteral e a diálise peritoneal. Soluções terapêuticas como essa parecem básicas, mas na verdade apresentam uma variedade de desafios científicos e técnicos que incluem estabilidade, degradação química, compatibilidade de ingredientes e precipitação. A Baxter usa uma série de técnicas para superar esses desafios e garantir qualidade, consistência e facilidade de uso.

Esterilização

A Baxter foi pioneira e utilizou uma gama de plataformas de esterilização para atender as necessidades e características singulares de seus produtos biofarmacêuticos, intravenosos, farmacêuticos injetáveis e dispositivos médicos.

Essas tecnologias incluem o uso de vapor ou calor, óxido de etileno, radiação gama ou por feixes de elétrons para esterilizar os produtos acabados, além do uso de tecnologias proprietárias para a produção asséptica. A tecnologia da Baxter é o único processo de envase asséptico comercial para drogas pré-misturadas em bolsas IV flexíveis. As capacidades de esterilização incluem sistema para validação e garantia, o desenvolvimento de novos indicadores químicos e biológicos e de tecnologias de barreira.